Secretaria Municipal de Segurança Pública

Requalificação de guardas municipais reforça conhecimentos teóricos e práticos

A Guarda Municipal de Araucária está realizando o 2º Curso de Requalificação Técnica Profissional para o seu efetivo. O curso é exigido pela Lei Federal 13.022/2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais, e norteado pelo Decreto nº 5.123/04. Neste ano, quase toda a formação teórica e prática está sendo com recursos materiais e humanos próprios da Prefeitura, incluindo guardas municipais que tiveram qualificação paga pela Prefeitura e atuarão como multiplicadores junto aos seus colegas de trabalho. Diversas secretarias municipais (SMEL, SMMA, SMAS, SMED, SMCT, SMSA) também cederam profissionais e espaços para dar o auxílio à requalificação. Em 2017 todos os guardas municipais participaram do curso.

Divididos por turmas, os guardas municipais contam na formação com disciplinas como: Legislação, Atendimento Pré-Hospitalar, Defesa Civil, Crimes Ambientais, Lei Maria da Penha, Educação Física (condicionamento físico), Defesa Pessoal e Técnicas não-letais. O Museu Tingüi-Cuera, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente são alguns dos locais onde ocorre a formação. 

O curso respeita a grade exigida pela Polícia Federal, incluindo as 40 horas de Treinamento em Armamento e tiro. Para este treinamento a Secretaria Municipal de Segurança Pública celebrou um termo de Cooperação Técnica com a Guarda Municipal de São José dos Pinhais. A Guarda Municipal da cidade vizinha vai ceder um guarda municipal com credenciamento junto à Polícia Federal para ser o instrutor. As aulas práticas de tiro (que não terão custo para o município) serão realizadas parte no 17º Batalhão da Polícia Militar e parte no Batalhão da Polícia Rodoviária Federal, duas instituições parceiras. 

Outra parceria importante é com a Empresa SamuUber que está, gentilmente, realizando a aula de Atendimento Pré-Hospitalar (APH). Segundo a Guarda Municipal de Araucária, graças aos mais diversos apoios recebidos, o Curso de Requalificação Técnica desse ano terá “um custo praticamente zero”. 

Data da Publicacão: 10/09/2018